quarta-feira, 21 de abril de 2010

...Medo

video

3 comentários:

  1. Ouvi dizer que Chico era muito risonho. Ria largamente das pequenas coisas que achava engraçado. O espírito humilde e resignado em Cristo, conhece alegrias nas simplicidades que nos outros desconhecemos.
    O Coração livre das ilusões humanas e entregue fielmente a senda de luz sorri despreocupadamente, porque conhece da alegria com Jesus... convidando-nos sempre, ao seu exemplo, à caminhada conjunta.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. “Naquele mesmo dia, tendo saído de casa, Jesus sentou-se à borda do mar; – em torno dele
    logo reuniu-se grande multidão de gente; pelo que entrou numa barca, onde sentou-se, permanecendo na margem todo o povo. – Disse então muitas coisas por parábolas, falando-lhes assim:
    Aquele que semeia saiu a semear;
    – e, semeando, uma parte da semente caiu ao longo do caminho e os pássaros do céu vieram e a comeram.
    – Outra parte caiu em lugares pedregosos onde não havia muita terra; as sementes logo
    brotaram, porque carecia de profundidade a terra onde haviam caído. – Mas, levantanto-se, o Sol as queimou e, como não tinham raízes, secaram.
    – Outra parte caiu entre espinheiros e estes, crescendo, as abafaram. – Outra, finalmente, caiu em terra boa e produziu frutos, dando algumas sementes cem por um, outras sessenta
    e outras trinta. – Ouça quem tem ouvidos de ouvir.
    (S. MATEUS, 13:1 a 9.)

    Escutai, pois, vós outros a parábola do semeador.
    – Quem quer que escuta a palavra do reino e não lhe dá atenção, vem o espírito maligno e tira o que lhe fora semeado no coração. Esse é o que recebeu a semente ao longo do caminho. – Aquele que recebe a semente em meio das pedras é o que escuta a palavra e que a recebe com alegria no primeiro momento. – Mas, não tendo nele raízes, dura apenas algum tempo. Em sobrevindoreveses e perseguições por causa da palavra, tira ele daí motivo de escândalo e de queda. – Aquele que recebe a semente entre espinheiros é o que ouve a palavra; mas, em quem, logo, os cuidados deste século e a ilusão das riquezas abafam aquela palavra e a tornam infrutífera. – Aquele, porém, que recebe a semente em boa terra é o que escuta a palavra, que lhe presta atenção e em quem ela produz frutos, dando cem ou sessenta, ou trinta por um. (S. MATEUS, 13:18 a 23.)” (Evangelho Segundo o Espiritísmo, Cap. XVII)

    "...e quem tiver ouvidos de ouvir, que ouça!" (Jesus)

    ResponderExcluir
  3. Chico Xavier, certamente, sem qualquer sombra de dúvidas, era um espírito de luz, um semador de bondadee consolador de nossas dores mais profundas. Mesmo após sua partida, continua trazendo esperança e coragem àqueles que sofrem.
    Nesse video conseguimos perceber sua doçura, ingenuidade e, principalmente, sua simplicidade.
    Creio que essa ternura em sua fala, a singeleza de seu sorriso, eram seus dons divinos, dados pelo Criador, que nos tocam tão profunamente a alma até hoje.
    Esteja sempre presente em nossa caminhada, querido Chico.

    ResponderExcluir